Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miss Unicorn

Pedras no caminho? Eu guardo todas. Um dia vou construir um castelo.

Miss Unicorn

Pedras no caminho? Eu guardo todas. Um dia vou construir um castelo.

Era uma vez... com o Sr. Solitário

Bem-vindos à segunda edição da rubrica "Era uma vez..."! O convidado de hoje é o Sr. Solitário, que aceitou partilhar um episódio da sua infância connosco. Caso ainda não conheçam o blog, visitem porque vale a pena! 

 

Olá a todos. A Miss Unicorn fez-me o convite para estar aqui hoje, nesta rubrica, para contar uma história da minha infância. Aceitei o convite de bom grado.
Pensei muito, e depois de muito debater os meus pensamentos, cheguei à conclusão que iria escrever aquilo que saísse no momento, pois para mim não há nada melhor que um texto espontâneo, genuíno e nada ensaiado.
 
Era uma vez um menino, um menino sonhador, que cresceu num meio rural e que corria pelos campos fora dando largas à sua imaginação sem fim! Certo dia, esse menino, de cabelo à tijela, calças coçadas, t-shirt vermelha e uns ténis gastos, estava a andar de bicicleta na rua, como tantas vezes fazia.
A certa altura, a sua mãe pediu-lhe para ir ao mercado comprar uma garrafa de sumo para o jantar. Ele montou na bicicleta e lá foi com um amigo dele, também ele montado na bicicleta, na cana.
Ao regressar, numa grande descida, eis que a garrafa de sumo entalou-se na roda da bicicleta e os dois meninos deram uma volta de 360º e caíram desalmadamente no chão!
 
Ficamos tão magoados e a bicicleta ficou com a roda empenada.
A partir desse dia aprendi, da pior forma possível, que nunca, mas mesmo nunca, se deve transportar uma garrafa numa saca pendurada no guiador da bicicleta. E muito menos andar mais que uma pessoa montada nela.
 
 

Até a mim me doeu! Obrigada pela tua participação, Sr. Sol!

14 comentários

Comentar post